CONCEPÇÕES PRÉVIAS DE PRODUTORES AGROINDUSTRIAIS FAMILIARES SOBRE A QUALIDADE DE ÁGUA OBTIDA NO PROGRAMA VIGIAGUA

Aline Loise Martins, Lilian Akemi Kato

Resumo


Este trabalho apresenta dois fragmentos de uma pesquisa de mestrado em andamento cujo objetivo principal é identificar as noções dos produtores agroindustriais familiares em relação à qualidade da água com base nos laudos do Programa Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental relacionada à Qualidade da Água para Consumo Humano (VIGIAGUA). De caráter qualitativo, a pesquisa de campo foi realizada com 09 pequenos produtores agroindustriais do Município de Nova Tebas – PR por meio de entrevistas pautadas em roteiro semiestruturado. Para este recorte da pesquisa, foram escolhidos dois questionamentos contidos neste roteiro. A partir da transcrição das respostas, utilizou-se a análise textual discursiva a fim de identificar as percepções dos sujeitos da pesquisa sobre a qualidade de água obtidas por meio da participação no Programa VIGIAGUA. Os entrevistados mencionaram a obtenção de resultado insatisfatório para a potabilidade de água nas amostras analisadas pelo VIGIAGUA. Ficou evidente que os sujeitos da pesquisa, por vezes, desconhecem os termos contidos no laudo do Programa. Trabalhos como este evidenciam a fragilidade da qualidade de água no meio rural e a necessidade de ações de educação ambiental para promover a saúde nestes espaços. Sugere-se a programação de curso temático aos indivíduos envolvidos.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22408/reva312018100417-427

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Flag Counter

Revista Valore 
ISSN: 2525-9008