A HISTÓRIA DA CÉLULA NOS LIVROS DIDÁTICOS DE CIÊNCIAS: UM OLHAR CRÍTICO E REFLEXIVO SOBRE A TEMÁTICA

Marcos Rogério Busso Luz, Cleyton Machado de Oliveira, André Luis de Oliveira

Resumo


Cientes da relevância do livro didático, nos propomos a investigar como a história da célula é apresentada nestes materiais de Ciências aos alunos da Educação Básica (séries finais do Ensino Fundamental). Partimos do pressuposto que a história da célula também pode ter sofrido distorções históricas ou ideológicas. Por se tratar de uma investigação de natureza aplicada, com objetivos exploratórios e abordagem qualitativa, organizamos a pesquisa em três etapas (Revisão Bibliográfica, categorização e análise dos livros didáticos e discussões e interpretações dos materiais). Entendemos que é significativo os livros didáticos abordarem a interação que ocorre entre a própria ciência e a sociedade, sinalizando que a ciência não se caracteriza como uma prática alheia aos acontecimentos sociais.


Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

DELIZOICOV, N. C.; CARNEIRO, M. H. S.; DELIZOICOV, D. O movimento do sangue no corpo humano: do contexto da produção do conhecimento para o do seu ensino. Ciência e Educação. Bauru: UNESP, v. 10, n. 3, p.443-460, 2004.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FRACALANZA, H. O que sabemos sobre os livros didáticos para o ensino de ciências no Brasil. 1992, 304f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas. Campinas: UNICAMP, 1992.

FRISON, M. D.; VIANNA, J.; CHAVES, J. M.; BERNARDI, F. N. Livro didático como instrumento de apoio para construção de propostas de ensino de ciências naturais. In: VII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (VII ENPEC). Florianópolis, 2009.

LAJOLO, M. Livro didático: um (quase) manual de usuário. Em Aberto, Brasília, n. 69, v. 16, jan./mar. 1996.

LOPES, A. C. Currículo e Epistemologia. Ijuí: Editora Unijuí, 2007.

MARTINS, R. A. Robert Hooke e a pesquisa microscópica dos seres vivos. Filosofia e História da Biologia, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 105-142, 2011.

MATTHEWS, M. R. História, Filosofia e Ensino de Ciências: a tendência atual de reaproximação. Caderno Catarinense de Ensino de Física, Florianópolis, v. 12, n. 3, p.164-214, 1995.

MEGID NETO, J.; FRACALANZA, H. O livro didático de ciências: problemas e soluções. Ciência & Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p. 147-157, 2003.

MINAYO, M. C. S.; DESLANDES, S. F.; NETO, O. C.; GOMES, R. Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. 21. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

PERUZZI, H. U. ARAGÃO, R. M. R. de; SCHNETZLER, R. P.; CERRI, Y. L. N. S. Livros Didáticos, Analogias e Mapas Conceituais no Ensino de Célula. In: ARAGÃO, R. M. R. de; SCHNETZLER, R. P.; CERRI, Y. L. N. S. (Org.). Modelo de Ensino: Corpo Humano, Célula, Reações de Combustão. Piracicaba, São Paulo: UNIMEP/CAPES/PROIN, 2000.

PRESTES, M. E. B. Teoria celular: de Hooke a Schwann. São Paulo: Scipione, 1997.

ROMANATTO, M. C. A noção de número natural em livros didáticos de matemática: comparações entre textos tradicionais e modernos. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de São Paulo, São Carlos – SP, 1987.

__________________ O Livro Didático: alcances e limites. São Paulo, 2004. Disponível em: . Acesso em 05/08/2016.

SILVEIRA, M. L.; ARAÚJO, M. F. F. O Papel do Livro Didático de Biologia na Opinião de Professores em Formação: implicações sobre a escolha e avaliação. Revista da SBEnBIO - V Enebio e II Erebio Regional 1. São Paulo, v. 7, n.7, p. 5594-5605, 2014.

TAVARES, T. F.; PRESTES, M. E. B. Pseudo-história e ensino de ciências: o caso Robert Hooke (1635-1703). Revista da Biologia, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 35-42, 2012.

VASCONCELOS, S. D.; SOUTO, E. O Livro Didático de Ciências no Ensino Fundamental – proposta de critérios para análise do conteúdo zoológico. Ciência & Educação, Bauru, v. 9, n. 1, p. 93-104, 2003.




DOI: https://doi.org/10.22408/reva302018188630-641

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Flag Counter

Revista Valore 
ISSN: 2525-9008