A clínica psicanalítica no setting hospitalar

Lílian Magalhães Costa Lima

Resumo


Este artigo é uma pesquisa bibliográfica sobre a construção da clínica psicanalítica no contexto hospitalar e parte da obra freudiana para compreender a clínica psicanalítica e se é possível construir sua prática num setting não convencional, como no ambiente do hospital. Partiu-se da questão: é possível conciliar a prática da psicanálise ao contexto hospitalar? Para respondê-la, recorreu-se ao próprio Freud para entender seu percurso de construção da psicanálise e a autores que já abordam sobre a psicanálise no hospital. Por fim, foi apresentado um pequeno fragmento de caso clínico para complementar o trabalho.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, Francisco Paes. Notas sobre a história da medicina. In: ____________ Ensaios de Psicanálise e Saúde Mental. Belo Horizonte: Scriptum Livros, 2010ª. 334p.

BARRETO, Francisco Paes. A urgência subjetiva na saúde mental. In: ____________ Ensaios de Psicanálise e Saúde Mental. Belo Horizonte: Scriptum Livros, 2010b. 334p.

CHEMAMA, Roland. Dicionário de Psicanálise. Porto Alegre, Artes Médicas. 1998. 240p.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. 1838p.

FERREIRA, Nadiá Paulo. MOTTA, Marcus Alexandre. Histeria: o caso Dora. Rio de Janeiro: Zahar, 2014. 76p.

FREUD, Sigmund (1896a). A hereditariedade e a etiologia das neuroses. Edição Standard Brasileira, Vol. III, Rio de Janeiro, Imago Editora, 2015. 202p.

______________ (1896b) A etiologia específica da histeria. Edição Standard Brasileira, Vol. III, Rio de Janeiro, Imago Editora, 2015. 202p.

______________ (1897) Carta 69. Edição Standard Brasileira, Vol. I, Rio de Janeiro, Imago Editora, 2015. 306p.

_______________ (1904-03) O método psicanalítico de Freud Edição Standard Brasileira, Vol. VII, Rio de Janeiro: Imago Editora, 2015. 196p.

______________ (1905a) Sobre a psicoterapia. Edição Standard Brasileira, Vol. VII, Rio de Janeiro: Imago Editora, 2015. 196p.

______________ (1905b) Tratamento psíquico ou (anímico). Edição Standard Brasileira, Vol. VII, Rio de Janeiro: Imago Editora, 2015. 196p.

______________ (1912) A dinâmica da transferência. Edição Standard Brasileira, Vol. XII, Rio de Janeiro: Imago Editora, 2015. 210p.

______________ (1913) Sobre a psicanálise. Edição Standard Brasileira, Vol. XII, Rio de Janeiro: Imago Editora, 2015. 210p.

______________ (1924) Uma breve descrição da psicanálise. Edição Standard Brasileira, Vol. XIX, Rio de Janeiro: Imago Editora, 2015. 170p.

JORGE, Marco Antônio Coutinho. FERREIRA, Nadiá Paulo. Freud, criador da psicanálise. 3ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2012. 71p.

MAURANO, Denise. Para que serve a psicanálise? 5ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2016. 65p.

MORETTO, Maria Lívia Tourinho. O que pode um analista no hospital? 4. ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2013. 217p.

MOURA, Marisa Decat de. (Org) Psicanálise e Hospital. 2ª ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2000. 98p.

QUINET, Antônio. As 4+1 condições da análise. 12ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2009. 115p.

ROMANO, Bellkiss W. A tarefa do psicólogo na instituição hospitalar. in: ROMANO, Bellkiss W. Princípios para a prática da psicologia clínica em hospitais. 4ª ed.Casa do Psicólogo. São Paulo, 2007. 145p.

SIMONETTI, Alfredo, Manual de Psicologia Hospitalar: o mapa da doença. 8ª ed.Casa do Psicólogo, São Paulo, 2015. 200p.




DOI: https://doi.org/10.22408/reva31201871360-372

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Flag Counter

Revista Valore 
ISSN: 2525-9008