AS CONTRIBUIÇÕES DO COORDENADOR PEDAGÓGICO NO ENSINO PROFISSIONALIZANTE NA ÁREA DA ESTÉTICA

SIMONE MACEDO RODRIGUES MACCIONE

Resumo


O presente artigo tem como objetivo investigar a importância do trabalho do Coordenador Pedagógico na formação profissionalizante na área de estética. Com base no objetivo e nas questões apresentadas, tomamos como referências autores como Oliveira (2005), Grinspun (2006), Libâneo (2001), Franco (2008), Carvalho (2012) e outros autores para dar sustento a nossas fundamentações. Trata-se de Optamos pela metodologia de caráter bibliográfico, para isso, utilizamos livros, teses, dissertações e artigos relacionados ao tema. Concluímos que a importância do coordenador pedagógico se faz relevante, pois busca integrar os envolvidos no processo ensino-aprendizagem mantendo as relações interpessoais de maneira saudável, valorizando a formação do professor, desenvolvendo suas habilidades para lidar com as diferenças com o objetivo de ajudar efetivamente na construção de uma educação de qualidade e aos desafios na formação profissionalizante da área da beleza.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Laurinda O relacionamento Interpessoal na Coordenação Pedagógica, 2006.

AUGUSTO, Silvana. Desafios do coordenador pedagógico; Mais do que resolver problemas de emergência e explicar as dificuldades de relacionamento ou aprendizagem dos alunos, seu papel é ajudar na formação dos professores; Nova Escola, edição 192/maio 2006.

CARVALHO, Rosemeire Barreto dos Santos. A importância do coordenador pedagógico no espaço escolar. UFG. Universidade Federal de Goiás, 2012.

Classificação Brasileiro de Ocupações - CBO 2233, 2002. Disponível em:. Acesso em: 03 de outubro de 2017.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Coordenação pedagógica: uma práxis em busca de sua identidade. Revista Múltiplas Leituras, v. 1, n. 1, p. 117-131, jan./jun. 2008.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17.São Paulo: Paz e Terra, 1987.

GOMES, S.R.F. O professor da educação profissional: formação e prática pedagógica. 2010. 204f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2010.

LIBÃNEO, J.C. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

MACHADO, Lucília. Formação de Professores para a Educação Profissional e Tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos, 2008,

MINAYO, M. C. de S. (org.) Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. 19ª ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

Ministério da Educação Centenário da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, 2009.

MACHADO, Lucília Regina de Souza. Formação de Professores para a Educação Profissional e Tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. In: MEC/INEP. (Org.). Formação de Professores para Educação Profissional e Tecnológica. 1ª ed. Brasília: MEC/INEP, 2008, v. 8, p. 67-82.

OLIVEIRA, F.O. de. Planos de curso para a 1ª série ginasial. Escola Secundária. n. 17, 2005.

ORSOLON, Luiza Angelina Marino. O coordenador/formador como um dos agentes de transformação da/na escola. In: ALMEIDA, Laurinda Ramalho de e PLACCO, Vera Maria Nigro de Souza (Orgs.). O Coordenador Pedagógico e o Espaço de Mudança. 5. ed. São Paulo: Loyola, 2006.

SHMIDTT, Alexandra; OLIVEIRA, Claudete; GALLAS, prof.ª Juliana Cristina; O mercado da beleza e suas conseqüências, 2008.

VENAS, Ronaldo Figueiredo. As Políticas Públicas de Fomento para a Formação de Coordenadores Pedagógicos Estudo de Caso, UFBA, 2012.




DOI: https://doi.org/10.22408/reva31201889408-416

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Flag Counter

Revista Valore 
ISSN: 2525-9008